Praia do Forte recebe campeonato de Polo Aquático no mar


Atletas de vários estados vão competir no único campeonato de praia oficial de polo da Bahia

As belezas naturais de Praia do Forte, em Mata de São João, litoral norte baiano, vão receber nos próximos dias 13 a 15 de outubro o Circuito Open de Polo Aquático, o campeonato de praia da modalidade.

São esperados 250 atletas de todo o Brasil, com equipes masculinas e femininas, totalizando 12 delegações e representantes de Salvador, Feira de Santana, Aracajú, Recife, João Pessoa, Brasília, Rio de Janeiro e Santos. Para este ano, uma novidade, a participação de um torneio entre equipes Sub 18 masculina, dando ares de renovação ao esporte.

Os jogos começam na manhã de sexta (13) e vão até às 11h do domingo (15). A competição acontece na área da praia em frente à Igreja da Vila, próximo ao Projeto Tamar, e é aberta ao público, que poderá torcer e vibrar com as mais de 24 partidas ao longo do fim de semana.

Dentro d’água, uma disputa acirrada dos times brigando pelo título. Fora d’água, a calmaria e a positividade do local contrastam com o clima de competição do evento, e transforma o campeonato em um momento único para os praticantes deste esporte, que conseguem aliar a atividade física predileta, com um ambiente de descontração em um cenário encantador.

O evento acontece na Bahia há sete anos com edições em Salvador, Morro de São Paulo e desde o ano passado chegou a Praia do Forte. O resultado é um engajamento do esporte com os espectadores, o intercâmbio de atletas do Brasil e a inserção da atividade em um local diferenciado.

O polo aquático é uma modalidade olímpica, tradicional na Europa, e comumente praticado em piscinas. Mas foi pensando em uma forma de popularizar o esporte que os organizadores do Circuito resolveram levá-lo à praia.

Adaptação ao jogo no mar

Ao realizar jogos de polo na praia, há uma alteração no tempo da partida, que em piscina é de quatro tempos de oito minutos. No mar, são também quatro tempos, porém, cada um é composto de apenas cinco minutos. A favor, a prática do esporte neste ambiente tem o fato dos atletas flutuarem melhor em águas salgadas.